Busca

Cuiabá
Carregando...

? ºC

/

Várzea Grande (MT), 21 de julho de 2018 - 14:41

Artigos

13/07/2018 19:13

Gravações ambientais

Algumas autoridades já sabem que podem ser flagradas em gravações telefônicas, então, tratam tudo pessoalmente, esquecem-se, entretanto, que ainda há o recurso das gravações ambientais, que estão cada vez mais sofisticadas e que ficarão para os anais:

 

Fachin e Moro em uma das muitas reuniões da maçonaria, obrigatoriamente presenciais, nesses tempos de grampos telefônicos:

[Fachin] – Mestre, você põe o seu na reta e agora eu é que tenho que tirar?

[Moro] – Te colocamos lá pra isso, pra segurar o nosso e colocar o seu, se vira aí, pare de reclamar e ponha fim logo à candidatura do meu preso.

 

Alexandre, Fux, Barroso e Cármen em um dos gabinetes dos golpistas:

[Alexandre] – Mas não dará muito na cara se a Senhora enviar essa do Lula pra mim, por distribuição direta?

[Cármen] – Era só o que me faltava, mais um golpista com pudores...

[Fux] – Mas Cármen, Alexandre tem razão, era melhor mandar pra mim, que mato no peito.

[Barroso] – Ou para mim, que tenho a melhor retórica e tenho a Globo na retaguarda.

[Cármen] – Já decidi, não vou mudar de opinião, sempre estive à frente do “Supremo com tudo” e não é agora que vocês irão querer mudar isso, certo? O nosso refém é forte e precisamos contar com todos, até o final... ou será o nosso fim, como vocês bem sabem.

 

Lewandowski e Celso, no intervalo para o café:

[Lewandowski] – Concordei com toda essa palhaçada dos golpistas porque eles garantiram o nosso reajuste e foi só eles garantirem o poder, com a minha preciosa ajuda, e babau o nosso reajuste!

[Celso] – Nessa sua idade, Lewa, você já deveria saber que quem dá um golpe, dá dois, dá três e nunca mais irá parar...

 

Marco Aurélio, Cármen e um dos irmãos Marinho em um dos inúmeros eventos de cooptação dos membros do judiciário promovidos pelas organizações Globo:

[Marinho] – Precisamos resolver essa questão entre vocês dois, sem, por óbvio, soltar o nosso preso.

[Marco Aurélio] – O problema todo, desenganadoramente, é que a Cármen insiste em não votarmos as ADC´s e, com isso, temos gente nossa sendo presa, veja o caso do Azeredo em Minas.

[Cármen] – E você acha que essa prisão também não me afeta, o Azeredo é um dos nossos, pelo amor de Deus!

[Marinho] – Marco, é um risco muito grande votarmos essas ações... o Azeredo e os demais são apenas efeitos colaterais necessários, resolvemos isso depois de consumarmos um dos nossos na Presidência, no ano que vem, pois vocês sabem que temos planos mais ousados caso isso não se resolva amistosamente...

 

Gilmar e Temer nos porões do Jaburu:

[Gilmar] – Essas minhas visitas a você, fora da agenda, já estão dando o que falar...

[Temer] – Que continue assim, pois é melhor que falem de nós, do que investiguem a nós, né? Precisamos manter isso, viu? E contamos com você, como sempre...

 

Bolsonaro e McKinley nos porões da embaixada ianque:

[McKinley] – O que queremos de vocês é muito simples, garanta nossas posições nas áreas de nosso interesse no Brasil (petróleo, gás, minérios, bancos, multinacionais americanas, etc.) que nós colocamos os nossos agentes, inclusive o Zuckerberg e seus robôs, ao seu dispor... é vitória garantida!

[Bolsonaro] – Sim Senhor, Senhor! Pode contar comigo e com o meus, no que Vossa Excelência precisar.

[McKinley] – Veja, capitão, não estamos nem um pouco interessados no que você vai fazer com o povo pobre dessa república de bananas, e por em bananas, já acertamos com as Forças Armadas, STF, com tudo, desde que você não nos atrapalhe na pilhagem que Temer e todos eles estão nos ajudando a fazer, ok?

[Bolsonaro] – Ok, positivo e operante, Senhor, Senhor! Tampouco eu, Senhor, estou interessado em pobreza...

 

Moro, Gebran, Ficher, Flores, Laurita e Raquel, numa manhã de domingo gelado, em uma sala de crise em Curitiba, por teleconferência:

[Moro] – Todos vocês já estão com a íntegra que mandei, por e-mail, do HC do Favreto em favor do homem, né? De minha parte, já liguei pra todo mundo, Presidente, Ministro, Diretor e Superintendente da PF pra determinar que não soltem o meu preso, pois sei que daremos um jeito ainda hoje, certo?

[Gebran] – Moro, a título de cooperação, já estou redigindo uma contraordem e, logo que estiver pronta, te encaminho aí pra você dar uma corrigida... por falar em cooperação, cadê o Dallagnol?

[Moro] – Gebran, esquece esse idiota, só faz merda!

[Ficher] – Flores, você está aí?

[Flores] – Sim, estou aqui acompanhado da minha Vice, colega para todas as horas...

[Ficher] – Se o Favreto reiterar, você entra, avocando o processo para a Presidência, mas se, mesmo assim, ele insistir, você manda imediatamente pra mim, pois estou com a Laurita aqui, que já confirmou que negará a Ordem de plano, sem mais delongas...

[Laurita] – Vamos conversando, o que não podemos é deixar essa peteca cair e Raquel que está no circuito, nos ouvindo, já disse que representará contra o Favreto.

[Raquel] – Não vamos deixar esse petista escapar dessa!

 

Maia, Temer, Aécio, Padilha e Moreira em mais jantar no escurinho de Brasília:

[Maia] – Vocês viram as últimas pesquisas, né? Alckmin não sobe nem com reza brava e se perdermos essa pro homem da solitária, vai todo mundo em cana...

[Temer] – Alckmin é mesmo um chuchu sem noção, mas é um dos nossos e sabe tudo de nós e vai em cana também se homem voltar e mesmo assim não desiste, o que podemos fazer?

[Aécio] – É exatamente porque é um cara nosso que a gente pode matar ele!

[Moreira] – Aécio, matar não, sempre roubamos na mão macia de angorá, não vai ser agora que temos os Supremos com tudo...

[Padilha] – Vamos conversar com o Álvaro que é do sul, é gente nossa também e é dos caras que mandam no STF lá de Curitiba, se ele leva, livra-nos a todos, com Supremo com tudo...

 

Lebbos, Valisney e Bretas, magistrados de piso, que não se conformavam em ter que viajar a serviço, de classe econômica, para os encontros de magistrados em famosos Resorts, sempre patrocinados por grandes e ricas corporações, tendo na poltrona ao lado zeladores, manicures, cabeleireiras, porteiros, enfim, gente:

[Lebbos] – Cheguei cansada, mas pelo menos o povinho do avião melhorou um pouquinho... vocês acreditam? Em 2015 cheguei a ficar sentada ao lado da minha manicure, que também estava indo para Fortaleza...

[Bretas] – Também notei uma melhora no aroma, pois os aviões já estavam até perdendo àquele cheirinho gostoso de querosene...

[Valisney] – Acho que a gente tinha mesmo é que chutar o pau da barraca, pois Moro já abriu as porteiras, todos nós já escancaramos e todo mundo já sabe mesmo que não estamos nem aí pra esse blá-blá-blá de leis, justiça, direito, etc., então, deveríamos é começar a proibir mesmo essa gentalha de frequentar os nossos ambientes...

[Lebbos] – Tô contigo, se dermos bobeira... já estão atacando nossos privilégios, ops!, nossos direitos, querem tirar o auxílio moradia e, daqui a pouco, irão querer mexer no auxílio-paletó, no auxílio-livro, no auxílio-babá, etc., isso não irá parar mais...

[Bretas] – Penso que seja a nossa hora, ou saímos das sombras e apoiamos abertamente um recrudescimento do golpe, para cancelar as eleições mantendo o nosso status quo, ou o nosso preso ou o seu poste volta e estamos ferrados.

 

Villas Bôas e Rossato, Comandantes, na penumbra de um desses gabinetes de decoração sombria, que já viram coisas de arrepiar peruca de defunto:

[Villas Bôas] – Essa turma de garantistas do STF tá brincando com fogo, eles não sabem do que somos capazes...

[Rossato] – O pior é que essa turminha de democratas estraga prazeres acha que o que está escrito na constituição deve valer... mas eles, no fundo, sabem que quem manda mesmo somos nós, né?

[Villas Bôas] – É... esses covardes estão perdendo a noção do perigo...

 

Entretanto, em tempos estranhos como estes, não só as autoridades estão sendo alvos das gravações ambientais:

Rosângela e Moro em um dos picadeiros, dessas muitas reuniões sociais, nestes tempos de juiz celebridade e de justiça espetáculo:

[Rosângela] – Amor, você não acha que está demorando demais a soltar a segunda condenação da nossa galinha dos ovos de ouro?

[Moro] – Rosângela, tudo no seu devido tempo, o nosso time até aqui tem sido perfeito, ademais, nesse do Sítio, além da absoluta falta de provas, como no caso do tríplex, não conseguimos chantagear ninguém pra obter uma falsa declaração, como a do Léo, enfim, tá mais difícil, mas a condenação sai antes de outubro, fique tranquila, Tio Sam já nos garantiu as nossas Chandons Dom Perignon para resto de nossas vidas...

 

Oscar e Maroni, homens de “bens” em seus ricos carrões com adesivos novinhos “Bolsonaro para Presidente” e surrados “Fora Dilma”, no trânsito pesado:

[Oscar] – Cara, pagamos o IPVA mais caro que desses carrinhos, porque temos que ficar parados aqui nesse engarrafamento?

[Maroni] – Pois é... se pagamos IPVA mais caro que esses zemanés, temos direito de utilizar faixas exclusivas, por óbvio.

[Oscar] – É isso! Mas isso vai mudar... Bolsonaro vem aí!

 

Zé e Mané, eleitores de Bolsonaro, em um canto pobre qualquer do Brasil:

[Zé] – Ocê viu não? Passou na Grobo e o meu patrão Oscar confirmô, agora sim, com esses Ministro bão do essetiefi, Luladrão já era e agora tamu mais seguro... e com Bolsonaru, intão... bandidagi tá na roça...

[Mané] – É mermo! Essa cambada num perdi por isperá é o fim desse bando de esquerdista viado, bem conformi o meu patrão Maroni falô...

 

Mirian Leitão, Eliane Cantanhêde e Merval Pereira, em uma das inúmeras reuniões da pauta golpista da Rede Globo:

[Merval] – Recebi ordens dos homens de que devemos apertar o cerco contra o nosso prisioneiro de Curitiba, não podemos deixar o homem respirar!

[Mirian] – O problema que você tem que levar lá para a cobertura é que o Mandela de Curitiba é igual pão de ló, quanto mais nós batemos, mas ele cresce...

[Eliane] – Mirian, se eles mandaram é porque estão sabendo de algo que não sabemos, pois não creio que eles estejam pensando em eleição não...

[Merval] – Além do mais, pra nós é sempre um prazer... vamos ao trabalho, o que podemos fazer de ruim pra Lula hoje, oferecimento Banco Santander (risos).

 

Edir e Valdemiro, líderes de seitas religiosas (Universal, Internacional, Mundial, Intergaláctica dos Reinos de Deus...) em conversa em um dos seus inúmeros suntuosos palácios em mármore de Carrara:

[Edir] – Apoiamos o golpe, mas ficamos com a brocha na mão, pois os golpistas que ajudamos a colocar no poder conseguem ser mais ladrões do que nós, o que fazemos Apostolo?

[Valdemiro] – Bispo, ainda bem que você perguntou pra mim, seu superior hierárquico, na escala divina (risos), orar nós dois sabemos que não adianta... então o jeito é partir pro ataque, pois só a democracia tolera gente como nós... se os milicos entram estamos ferrados, uma vez que eles irão querer um naco do nosso negócio e pode esperar que não vai ser pequeno não...

 

Ribamar e Reginaldo, brasileiros anônimos que não se informam apenas pela mídia golpista, em todas as partes do Brasil:

[Ribamar] – Eaê? Como está o convívio com aqueles caras lá no trabalho que apoiaram o golpe e agora irão votar no Bolsonaro?

[Reginaldo] – Cara, às vezes sinto pena deles, sinto que é um constrangimento só, eles têm vergonha até de olhar nos nossos olhos...

[Ribamar] – É bem isso, a vergonha é tanta que estão apelando para os milicos...

[Reginaldo] – Tentaram, inicialmente, nos ignorar, mas como somos muitos, e não temos dado trégua, parece que eles decidiram apoiar a volta dos militares para ver, quem sabe, se os milicos possam nos calar ou mesmo nos eliminar... fazendo cessar de vez o constrangimento.

[Ribamar] – Com alguns eu me surpreendi quando de repente começaram a aderir à brutalidade do protofascismo nacional, com outros eu me espantei com a virulência que rasgaram a fantasia de democratas e vestiram as camisas pretas da Gestapo, mas com a maioria, eu apenas lamentei, pois já tinham clara tendência neonazista, só aguardavam um “coisa ruim” brotar das catacumbas...

[Reginaldo] – Realmente, é incrível como estávamos cercados de idiotas e não conseguíamos identifica-los, só agora... mas isso tem seu lado bom, pois o convívio com gente mascarada era muito pior, pelo menos agora saíram do armário e podemos vê-los, assim, como realmente são por dentro, o que já dá uma certa vantagem para o nosso bom combate...

 

Lula e o seu escolhido na solitária em Curitiba:

[Lula] – Você sabe que os golpistas não deixarão que eu participe das eleições, então, você será o escolhido, desde que me prometa que não haverá mais conciliação com os golpistas, pois teremos o apoio do povo e não precisaremos mais fazer concessões.

[O escolhido] – Você tem a minha palavra.

 

Esta é uma obra de ficção e qualquer semelhança com esta farsa toda que estamos vivenciando no Brasil, terá sido apenas mera realidade.

 

Adamastor Martins de Oliveira – Engenheiro e Advogado em Cuiabá/MT

 

VGNews

Endereço: Av. Castelo Branco-Nº.1640- Sala- 202- Agua Limpa-Várzea Grande-MT 

E-mail: vgnewsmt@gmail.com

Telefone: (65) 3686-3213 

Redes Sociais

© Copyright  2010-2017 VG News 

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo