Busca

Cuiabá
Carregando...

? ºC

/

Várzea Grande (MT), 18 de agosto de 2017 - 17:10

Polícia & Justiça

19/10/2016 09:45

Ladrão passa 2 horas em bueiro em Poconé

Um homem de 23 anos passou duas horas escondido em um bueiro após entrar em confronto com a polícia nesta terça-feira (18), em Poconé, a 104 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, ao ver um policial civil na loja de móveis que supostamente assaltaria, o suspeito iniciou um tiroteio, mas foi atingido no tórax. Para fugir, ele se escondeu em um bueiro e só saiu após perceber que a família dele estava no local.

Segundo a PM, o homem não chegou a anunciar o assalto na loja de móveis, mas um funcionário do local desconfiou do comportamento suspeito.

De acordo com a polícia, no momento em que o suspeito entrou na loja, um policial civil conhecido na cidade estava comprando no estabelecimento e o funcionário pediu a ele que conversasse com o homem.

Com a aproximação do policial, o suspeito sacou uma arma de fogo e começou a atirar. O policial civil revidou os disparos e atingiu o homem superficialmente no tórax. Ao ser ferido, o suspeito saiu da loja e tentou roubar um carro na rua para fugir, mas não conseguiu. Ele, então, roubou uma bicicleta para fugir.

Conforme a PM, o policial civil perseguiu o suspeito por cerca de quatro quarteirões. O policial teria conseguido alcançar e prender o homem, mas como estava sem algemas, o deixou escapar.

“Nesse momento, um cerco policial já tinha sido feito e o suspeito não tinha para onde correr. Ele, então, entrou em um bueiro, achando que teria para onde escapar, mas acabou cercado”, relatou o sargento Márcio França, da PM.

Suspeito só se rendeu à polícia após a chegada da família dele (Foto: Julio Fontes/ Poconet Notícias)
Suspeito só se rendeu à polícia após a chegada da família dele (Foto: Julio Fontes/ Poconet Notícias)

Durante quase duas horas o suspeito permaneceu dentro dos encanamentos do esgoto, relutante em se entregar à polícia. A PM informou que abriu a tampa de vários bueiros e aguardou a saída do homem. Em um determinado momento da operação, a família do homem apareceu no local e ele decidiu sair.

“Não sabemos como os familiares dele foram parar lá e nem se esse foi o principal motivo dele se entregar. Ele estava ferido e as condições do local são realmente ruins. O calor e o próprio mal cheiro do esgoto também podem ter contribuído”, disse o sargento.

O suspeito foi levado para receber atendimento médico e, depois disso, foi encaminhado para a delegacia, onde deve ser ouvido.


VGNews

Endereço: Av. Castelo Branco-Nº.1640- Sala- 202- Agua Limpa-Várzea Grande-MT 

E-mail: vgnewsmt@gmail.com

Telefone: (65) 3686-3213 

Redes Sociais

© Copyright  2010-2017 VG News 

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo