Busca

Cuiabá
Carregando...

? ºC

/

Várzea Grande (MT), 16 de dezembro de 2017 - 08:59

Várzea Grande

REUNIÃO 17/02/2017 07:05

Lucimar se reúne com juízes e discute implantação do novo Complexo Judiciário

Fonte: Marcos Lemos-Secom-VG

Uma audiência com o presidente Tribunal de Justiça de Mato Grosso, desembargador Rui Ramos Ribeiro e a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos, poderá transformar em realidade a construção do novo Complexo Judiciário na região conhecida como Chapéu do Sol.

 

Ao receber oito juízes da Comarca local, liderados pelo Diretor do Fórum de Várzea Grande, Jones Gattass, ficou definido que a prefeita agendará uma audiência com a Mesa Diretora do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, presidida pelo desembargador Rui Ramos e pelas desembargadoras, Marilsen Addario e Maria Aparecida para tentar retirar o projeto que já existe há seis anos e já chegou de ter sua licitação autorizada.

 

“Estamos dispostos a investir recursos municipais na obra para que possamos no futuro, receber a atual estrutura do Fórum de Várzea Grande e anexá-la a administração municipal, o que irá economizar com o fim de aluguéis dos órgãos que estão descentralizados do Paço Couto Magalhães que reúne toda a estrutura pública municipal”, frisou a prefeita.

 

Para o Diretor do Fórum, Jones Gattass, que estava acompanhado dos juízes José Luiz Leite Lindote, Alexandre Elias, Cristiane Marques,  Carlos de Campos Barros, Marilza Vitório, João Bosco, Rachel Fernandes e Viviane Brito, a atual estrutura que data de 1984, quando Jayme Campos foi prefeito pela primeira vez de Várzea Grande, já não comporta mais ampliações, portanto, apenas uma nova estrutura atenderia não apenas a Justiça, mas principalmente a população.

O diretor do Fórum de Várzea Grande, magistrado Jones Gattass Dias, disse que a viabilidade para a construção da nova sede passa pela Administração Pública Municipal. “A intermediação tanto da prefeita como do secretário de Assuntos Estratégicos, Jayme Campos, junto ao Poder Judiciário contribui para o sucesso do pleito. O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Rui Ramos tem a sensibilidade da necessidade de executar esse projeto. A nossa Comarca já é obsoleta pelo crescimento das demandas do Poder Judiciário junto a população”, disse o Diretor do Fórum.

Ele ponderou ainda que a situação chegou ao ponto de levar Varas Judiciais de Várzea Grande para o Fórum de Cuiabá, por falta de estrutura e condições de trabalho.

“Saímos desta reunião com a convicção de que o novo Complexo Judiciário em breve será uma realidade e deixará tácito que os Poderes Públicos quando se unem constroem soluções que interessarão a população”, disse Jones Gattass.

O secretário de Assuntos Estratégicos, Jayme Veríssimo de Campos assinalou que uma grande movimentação será feita junto ao Governo do Estado, a Assembleia Legislativa, ao Ministério Público de Mato Grosso, Defensoria Pública e outras entidades civis organizadas para que todos se empenhem na busca de construir o novo Complexo Judiciário.

“O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Rui Ramos, é um gestor público consciente da situação e vamos a ele não apenas defender a construção, mas também, ajuda-lo para que o Complexo Judiciário se torne uma realidade, numa das áreas mais promissoras de Várzea Grande, que é o Chapéu do Sol, onde está sendo erguido o Parque Tecnológico e já estão em obras as sedes dos Campus da Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT, do Instituto Federal de Mato Grosso – IFMT e da Universidade Estadual de Mato Grosso – Unemat”, disse Jayme Campos.

A área de acomodação do Complexo tem 3,8 hectares e deve também abrigar o Ministério Público Estadual, a Ordem dos Advogados do Brasil OAB/MT, Defensoria Pública, o Complexo do Parque Tecnológico entre outros órgãos, se tornando em uma Praça de 3 Poderes.

O empresário Juarez Ductievicz, proprietário de áreas da região do Chapéu do Sol, reafirmou sua disposição em manter a doação para a Prefeitura de Várzea Grande, na pessoa da prefeita Lucimar Sacre de Campos, para que então a Municipalidade possa doar a mesma para o Tribunal de Justiça realizar a obra de edificação do Complexo Judiciário. “Somos parceiros e já cedemos áreas para outros órgãos públicos tudo para promover o ordenamento do Poder Público local”.

A prefeita Lucimar Sacre de Campos sinalizou que existe determinação por parte do Poder Público e dos demais entes como a Câmara Municipal e entidade sociais no sentido de possibilitar que essas obras saiam do papel.

“O Poder Público Municipal é parceiro de toda e qualquer decisão voltada para melhorar a situação de Várzea Grande e sua gente, pois Justiça também é uma política social, pois ela garante a população acesso as demandas que ele entende como sendo seu direito”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos, convicta de que este novo Complexo Judiciário ajudará a consolidar ainda mais essa nova região de Várzea Grande.

Na região do Chapéu do Sol o Governo do Estado executará uma obra de uma ponte no Rio Cuiabá para integrar a região com o Santa Rosa facilitando o acesso entre as duas principais cidades de Mato Grosso e assegurando um melhor acesso entre todas as estruturas do Poder Judiciário.


VGNews

Endereço: Av. Castelo Branco-Nº.1640- Sala- 202- Agua Limpa-Várzea Grande-MT 

E-mail: vgnewsmt@gmail.com

Telefone: (65) 3686-3213 

Redes Sociais

© Copyright  2010-2017 VG News 

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo